Cozinhar para uma família numerosa não é nada de outro mundo!

Já partilhei algumas receitas aqui, mas hoje decidi iniciar uma nova categoria, a de receitas para famílias numerosas. Isto porque muitas vezes as pessoas se surpreendem ao perceberem que tenho três filhos e começam logo a falar de como a vida está má, de como deve ser difícil, pois bem, temos os nossos desafios, mas não é assim tão complicado como muitas pessoas possam pensar e uma casa cheia é sem dúvida uma grande alegria.

Principalmente em termos de comida a diferença de orçamento não é assim tão diferente com mais ou menos elementos, é apenas uma questão de saber gerir as coisas e usar receitas que tenham mais rendimento e que por vezes até se tornam mais saudáveis por consequentemente haver uma redução da ingestão de carne, que como sabemos é excessiva nos dias de hoje e não faz nada bem à nossa saúde, tudo deve ser ingerido com moderação e nas proporções certas.

Se tivermos a noção de que a quantidade de carne que devemos ingerir por refeição corresponde ao tamanho da nossa palma da mão, no máximo, percebemos que regra geral a quantidade que ingerimos, e pior, a quantidade que damos aos nossos filhos é muito superior ao recomendado.

Eu sou 100% a favor de uma alimentação variada e de que podemos comer de tudo, incluindo as guloseimas, ou até as tão temidas, nos últimos tempos, carnes processadas. É certo que à uma série de alimentos que nos fazem pior e que por isso devem ser menos ingeridos, mas isso não quer dizer que tenham que ser completamente retiradas da alimentação, pelo menos quando estamos a falar de pessoas saudáveis. O açúcar também faz bem na medida certa quanto mais não seja às nossas emoções, sabe bem e não é isso que nos vai fazer mal se não abusarmos claro.

Então nesta categoria vou partilhar contigo as receitas que costumamos fazer cá em casa, mas especialmente aquelas que normalmente dão mais rendimento, que são mais facilmente duplicáveis por famílias maiores, ou até por famílias que gostam de congelar diversas doses para facilitar o trabalho durante a semana e receitas que até são económicas.

O principal segredo para obter mais rendimento das diversas receitas, principalmente no uso da carne é não usar a carne em pedaços grandes, mas sim desfiada, moída ou cortada em pedacinhos pequenos e misturar com diversos outros ingredientes mais económicos, podem usar muito legumes e isso permite criar refeições que rendem muito mais e que têm um custo mais reduzido para além de se tornarem mais equilibradas e saudáveis em relação à ingestão proteica.

Outra dica é fazer bolachas, pão, pães de leite, bolos, todo esse tipo de coisas em casa, isto porque não só controlamos o tipo de farinha que usamos e podemos torna-la mais saudável ao usar farinha integral, como também controlamos a quantidade de sal ou de açúcar adicionado, o tipo de sal e de açúcar, podemos sempre optar por uma mais saudável, sabe muito melhor quentinho acabado de sair do forno e também fica mais económico.

É verdade que ao inicio não vai ser fácil e até podes levar algum tempo a apanhar-lhe o jeito, mas depois o prazer que se tira de cozinhar, experimentar e criar acaba também por ser como uma terapia e uma excelente forma de aliviar o stress, mais uma vez estarás a fazer bem à saúde!

O importante no fundo é evitar as receitas que rendem pouco, não é que não possam ser feitas, por vezes também fazemos algumas dessas cá por casa, mas é menos frequente, até porque cá por casa normalmente cozinha-se sempre para mais do que uma refeição para facilitar o dia-a-dia.

Então fica atenta que vou partilhar nesta categoria as receitas mais apreciadas cá em casa, deixa em baixo nos comentários também as tuas dicas e truques, todos temos algo a aprender uns com os outros, pelo menos é assim que vemos as coisas no projeto que desenvolvo através da internet que me permite ter este blog e criar independência financeira.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *