Boa semana #39 – O começo de uma nova etapa

//

Quando realmente sabemos o que queremos o universo acaba por conspirar a nosso favor para trazer até nós o que queremos!

Sei que já disse isto várias vezes aqui, já te falei da lei da atração e de como a adoro, mas este inicio de ano trouxe-me uma boa surpresa e o inicio de uma nova etapa nas nossas vidas, por isso não podia deixar de te vir falar mais uma vez na lei da atração e de como ela é poderosa de a soubermos usar…

Um pouco antes do natal falava com uma amiga de como não estava a conseguir ter tempo para o meu trabalho e de como tinha que fazer alterações neste novo ano, mas não estava a ver bem como é que eu ia fazer isso.

Aliás neste último mês do ano falei nisso mais do que uma vez, a maternidade estava mesmo a ocupar-me o tempo todo e sentia-me cansada, o trabalho era e primeira coisa a ser posta de lado, já que a vida cá por casa com três crianças não para…

Os manos mais velhos iam para a escola mas a minha pequena T ficava o dia todo comigo e ela tem uma energia de fazer inveja a qualquer um! Ela é realmente muito ativa, acho que mesmo hiperativa. Quanto não se sente à vontade num sitio é mais calma, mas assim que se ambienta e se sente à vontade ela transforma-se num furacão!

É difícil para ela se sentar um pouco a fazer o que quer que seja, por vezes consigo distraí-la com algumas atividades, mas tem que ser sempre ao pé de mim e nunca fica distraída por muito tempo, rapidamente se cansa… nos dias em que não conseguíamos ir ao parque para ela gastar um pouco da sua energia então era mesmo muito desgastante porque ela ficava elétrica e muito rabugenta… só ela sozinha vale por uns três ou quatro dos irmãos, que embora quando estão juntos também sejam muito reguilas, sozinhos conseguem entreter-se bem e parar a fazer determinadas atividades o que não acontece com a T…

Dormir longe da mãe é outra coisa que os manos fazem sem problemas, mas que para a T é também um desafio, mesmo estando com os irmãos e em casa, que já aconteceu os avós ficarem em casa com ela, ou seja, tinha os manos, a sua cama, o seu quarto, os seus bonecos de dormir, mas faltava a mãe… é sempre preciso dar-lhe a volta quando a mãe não está… o que dificulta eu ausentar-me também para ter uma boa noite de sono!

Sim porque embora ela adormeça por si na sua cama, muitas vezes foge para a cama da mãe de madrugadas, especialmente se a mana não estiver a dormir em casa! A T é então uma criança que exige muita atenção e muita energia da nossa parte para conseguir chegar ao fim do dia sem estar completamente exausto…

Como ela não tinha entrado na escola estes meses estavam a revelar-se particularmente desgastantes porque ela tem estado cada vez mais inquieta e mais ativa, as idas ao parque e os passeios ainda eram o que salvava o dia!

Mas com o retomar das aulas ligaram-me da escola a informar que tinham uma vaga para ela e se eu aceitava a vaga…  claro que sim, era a solução que eu tanto esperava para poder ter mais tempo para o meu negócio, para organizar as coisas cá por casa, mas estando sempre disponível para eles se for preciso. E claro que ela continua a vir almoçar a casa, então de manhã nem chegam a 3 horitas de escola e à tarde não chega a duas… não é muito tempo e é ali cortado pela hora de almoço, mas é bom para todos.

Os manos ficaram supercontentes, o L é o protetor dela, é engraçado porque eles são estilo cão e gato, mas não passam um sem o outro e no que toca ao L ninguém pode tocar na maninha…. E o mesmo dela, quando alguém se zanga com o L a T salta logo em sua defesa, ninguém pode ralhar com o mano, a não ser quando ela vem fazer queixinha, claro!

Ela já há muito tempo que queria ir para a escolinha e por enquanto adora lá andar, está sempre pronta para ir e já nem precisa de ninguém para a levar à sala que ela se desenrasca bem, claro que é a mais nova da escola, mas está bem longe de ser a mais pequena, ninguém diz que ela ainda só tem 3 anos e não há roupa que lhe resista!

A escola permite-lhe ter os seus amiguinhos, gastar a sua energia, nos dias que estiver bom tempo podemos ir na mesma ao parque, rever os amiguinhos que também entraram para a escolinha no inicio deste ano e acaba por ser tudo mais tranquilo e melhor para o equilíbrio familiar.

Então começamos assim uma nova etapa na família esta semana, que correu lindamente nos primeiros dias, apesar de a semana passada ter sido stressante para arranjar todas as coisinhas que ela precisa para a escola.

E a mamã aqui é que acabou por ficar com a ansiedade de separação, eles crescem tão rápido, nem acredito que a minha pequena já anda na escolinha, parece que ainda ontem nasceu…

Temos mesmo que aproveitar todos os pequenos momentos que temos com eles, desfrutar de todos os beijinhos e abraços, de todos os sorrisos e do tempo em que eles querem estar connosco porque eles rapidamente crescem e deixam o ninho, por isso valorizo tanto estar presente para eles quando precisam, é nestes primeiros anos que se constroem as relações que ficam para a vida. Estar por perto, mas sem deixar de lhes dar o espaço de que precisam para crescerem livres e independentes!

banner retangulo new generation

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *